Matérias Porto Alegre, a capital dos gaúchos!

Porto Alegre, cidade de muitas faces e múltiplas culturas, Porto Alegre tem em seu DNA o espírito democrático, que acolhe, que busca a inclusão social e estimula a participação de seus cidadãos na construção de sua história. Pensando em visitar a capital dos gaúchos? Conheça um pouco da história dessa maravilhosa cidade.

Porto Alegre, a capital dos gaúchos!

Com uma das melhores qualidades de vida do Brasil, a Capital dos gaúchos foi fundada em 26 de março de 1772 como Freguesia de São Francisco do Porto dos Casais e só em 1774 começou a tomar forma do jeito que a conhecemos hoje.

Em 1821, ganhou o status de cidade pelo imperador Dom Pedro II e devido a sua expansão, no século XX, Porto Alegre destacou-se entre as demais cidades do Rio Grande do Sul e projetou-se no cenário nacional. Hoje, abriga eventos, integra o pólo turístico do Estado e é modelo de administração para o país. 

A cidade de Porto Alegre tem como data oficial de fundação 26 de março de 1772, com a criação da Freguesia de São Francisco do Porto dos Casais, um ano depois alterada para Nossa Senhora da Madre de Deus de Porto Alegre. O povoamento, contudo, começou em 1752, com a chegada de 60 casais portugueses açorianos trazidos por meio do Tratado de Madri para se instalarem nas Missões, região do Noroeste do Estado que estava sendo entregue ao governo português em troca da Colônia de Sacramento, nas margens do Rio da Prata. A demarcação dessas terras demorou e os açorianos permaneceram no então chamado Porto de Viamão, primeira denominação de Porto Alegre.

Em 24 de julho de 1773, Porto Alegre se tornou a capital da capitania, com a instalação oficial do governo de José Marcelino de Figueiredo. A partir de 1824, passou a receber imigrantes de todo o mundo, em particular alemães, italianos, espanhóis, africanos, poloneses, judeus e libaneses. Este mosaico de múltiplas expressões, variadas faces e origens étnicas, religiosas e linguísticas, faz de Porto Alegre, hoje com quase dois milhões de habitantes, uma cidade cosmopolita e multicultural, uma demonstração bem sucedida de diversidade e pluralidade.

Foi a ferro e fogo que Porto Alegre construiu a sua história. A capital do Rio Grande do Sul é também a capital dos Pampas, como é conhecida a região de fauna e flora características formada por extensas planícies que dominam a paisagem do Sul do Brasil e parte da Argentina e do  Uruguai. É nessa região que nasceu o gaúcho, figura histórica, dotada de bravura e espírito guerreiro, resultado de lendárias batalhas e revoltas por disputas de fronteiras entre os Reinos de Portugal e Espanha, a partir do século XVI.

As revoltas se sucederam, mas foi o século XIX que marcou o seu povo, após uma longa guerra por independência contra o Império Português. A chamada Guerra dos Farrapos se iniciou com um enfrentamento ocorrido na própria capital, nas proximidades da atual ponte da Azenha, no dia 20 de setembro de 1835. Mesmo sufocado, foi este conflito que gravou na história o mito do gaúcho e é até hoje cantado em hino, comemorada em desfiles anuais e homenageada com nomes de ruas e parques.

Com o fim da Guerra dos Farrapos, a cidade retomou seu desenvolvimento e passa por uma forte reestruturação urbana nas últimas décadas do século XVIII, movida principalmente pelo rápido crescimento das atividades portuárias e dos estaleiros. O desenvolvimento foi contínuo ao longo do tempo e a cidade se manteve no centro dos acontecimentos culturais, políticos e sociais do país como terra de grandes escritores, intelectuais, artistas, políticos e acontecimentos que marcaram a história do Brasil.

Porto Alegre possui uma localização privilegiada. Ponto estratégico dentro do Mercosul, é centro geográfico das principais rotas do Cone Sul, equidistante tanto de Buenos Aires e de Montevidéu, quanto de São Paulo e do Rio de Janeiro. Para quem chega em terras gaúchas, Porto Alegre é a porta de entrada para os principais atrativos turísticos da região. A capital dos gaúchos está interligada às rodovias federais BR-290 e BR-116, permitindo a conexão com os demais estados brasileiros e também com o Uruguai e a Argentina.
 
Capitais do Mercosul
Buenos Aires 1.063 Km
Montevidéu 890 Km
Assunção 1.102 Km
Santiago 2.600 Km

Interior do Estado
Caxias do Sul 125 Km
Pelotas 251 Km
Rio Grande 317 Km
Gramado 115 Km
Passo Fundo 280 Km
Santa Maria 286 Km
 
Capitais Brasileiras
Aracaju
Distância Rodoviária: 3530 Km
Tempo de voo: 05h55
 
Belém
Distância Rodoviária: 4157 Km
Tempo de voo: 06h45
 
Belo Horizonte
Distância Rodoviária: 1709 Km
Tempo de voo: 03h40
 
Brasília
Distância Rodoviária: 2027 Km
Tempo de voo: 02h30
 
Campo Grande
Distância Rodoviária: 1786 Km
Tempo de voo: 04h20
 
Cuiabá
Distância Rodoviária: 2629 Km
Tempo de voo: 05h50
 
Curitiba
Distância Rodoviária: 715 Km
Tempo de voo: 01h00
 
Florianópolis
Distância Rodoviária: 525 Km
Tempo de voo: 00h45
 
Fortaleza
Distância Rodoviária: 4147 Km
Tempo de voo: 06h55
 
Goiânia
Distância Rodoviária: 2061 Km
Tempo de voo: 03h35
 
João Pessoa
Distância Rodoviária: 4037 Km
Tempo de voo: 05h50

Maceió
Distância Rodoviária: 3671 Km
Tempo de voo: 05h45
 
Natal
Distância Rodoviária: 4267 Km
Tempo de voo: 05h35
 
Porto Velho
Distância Rodoviária: 3752 Km
Tempo de voo: 07h15
 
Recife
Distância Rodoviária: 3911 Km
Tempo de voo: 05h00
 
Rio Branco
Distância Rodoviária: 4225 Km
Tempo de voo: 07h40
 
Rio de Janeiro
Distância Rodoviária: 1558 Km
Tempo de voo: 01h45
 
Salvador
Distância Rodoviária: 3071 Km
Tempo de voo: 04h45
 
São Luís
Distância Rodoviária: 4618 Km
Tempo de voo: 06h55
 
São Paulo
Distância Rodoviária: 1109 Km
Tempo de voo: 01h15
 
Teresina
Distância Rodoviária: 4159 Km
Tempo de voo: 06h30
 
Vitória
Distância Rodoviária: 2118 Km
Tempo de voo: 04h15
 
Fonte: www.portoalegre.travel

09 de Abril de 2018
Ver mais notícias